Faca Santoku


A faca Santoku é uma faca japonesa, e assim como a faca do chefe, é uma faca para uso geral.

Santoku em japonês significa três virtudes ou neste caso, três possibilidades de uso. Sendo assim, a faca é ideal para cortar, fatiar e picar.

A baixo temos o exemplo de uma faca do chefe que tem o mesmo princípio de uma faca Santoku.

Apesar de terem funcionalidades parecidas, um faca Santoku normalmente é menor, mais leve e fina do que uma faca do chef. Além disso, uma faca Santoku tem uma lâmina de design diferente, que por ser mais dura, não precisa ser afiada com tanta frequência. No entanto, pode enferrujar mais facilmente se não for bem cuidada.

Hoje em dia, é muito comum encontrar Santoku ocidentais, que costumam ser um pouco diferentes das tradicionais facas japonesas. As ocidentais geralmente têm cabos mais anatômicos e bolsões de ar que impedem que o alimento grude nelas. Já as japonesas, podem ter detalhes decorativos com relevos na lâmina (que têm função parecida com os bolsões de ar) e cabos artesanais bem trabalhados.

Na foto abaixo temos dois exemplos de facas Santoku. A primeira tem um design mais tradicional, enquanto a segunda tem design ocidental.

Ainda existem muitas facas Santoku feitas de forma tradicional por artesãos, como também, opÇões de marcas japonesas modernas, fazendo com que o pais domine o mercado mundial de facas de alta qualidade.

Mas no final, o que não pode faltar na cozinha de um chef profissional ou amador é uma faca para uso geral. Seja ela uma Santoku tradicional, ocidental ou uma faca do chef, a dica é investir em algo de qualidade. Antes de comprar, teste o peso, maciez e anatomia do cabo.

E sempre lembre de limpar e afiar sua faca com freqüência para prolongar sua vida.


116 visualizações0 comentário